menu

Topo

eSport


SonicFox: ele é gay, provocador e um fenômeno dos jogos de luta

Reprodução/The Game Awards
SonicFox recebe o prêmio no The Game Awards 2018 com sua tradicional fantasia Imagem: Reprodução/The Game Awards

Gabriel Francisco Ribeiro

Do START, em São Paulo

2019-06-06T09:00:00

06/06/2019 09h00

Resumo da notícia

  • Eleito o melhor atleta de eSports em 2018, SonicFox tem personalidade marcante
  • Norte-americano já doou prêmio para rival que tinha pai com câncer
  • SonicFox é gay e quer ser um exemplo para a comunidade LGBTQ+
  • Jogador ainda se considera um "furry" e usa uma fantasia marcante em competições
  • Ele já ganhou mais de meio milhão de dólares com apenas 21 anos de idade

O anúncio do melhor jogador profissional de eSports no Game Awards de 2018, no fim do ano passado, foi seguido de uma cena inusitada. Quem subiu ao palco foi uma pessoa em uma fantasia peluda. Mas isso é estranho só se você não conhece Dominique McLean. Ou melhor: SonicFox, uma das grandes personalidades atuais do mundo dos games.

"Mortal Kombat", "Injustice" e "Dragon Ball FighterZ" são alguns dos jogos principais em que SonicFox construiu uma carreira de respeito. Acima de tudo, ele se define como um "gay" e "furry". Mais sobre isso você pode entender abaixo.

1 - Quer ser uma voz para os gays

SonicFox é gay. Isso é uma coisa que o jogador faz questão de dizer ao mundo, sem medo das reações preconceituosas e ultrapassadas que podem surgir. Isso ficou claro, mais de uma vez, em vários tweets. Um em particular chamou a atenção logo depois que ele venceu o torneio de Dragon Ball FighterZ no EVO 2018:

"Sou gay. Também sou o melhor jogador de dbfz nessa p* de planeta, não esqueça disso".

No momento, o tweet fixado em seu perfil é um que simplesmente diz: "sou gay". A intenção de SonicFox é ser uma voz para outras pessoas na comunidade LGBTQ+ em um mundo que afasta minorias, como é o de jogos. Ele diz que recebe mensagens de outros usuários, que dizem se inspirarem nele para assumirem quem são.

"Quando digo 'sou gay' e coisas do tipo, como em tweets públicos, é como se eu estivesse fazendo uma representação dos LGBTQ+. Quero fazer isso e deixar as pessoas satisfeitas por serem elas mesmas, sobre quem elas são. Elas podem me ver no holofote e também podem se libertar e serem elas mesmas. Isso é tudo que eu quero", disse, em entrevista ao site Kotaku.

2 - Provocador sim, senhor

SonicFox não é daqueles jogadores sisudos que você vê por aí. O cara é, muitas vezes, um showman em suas partidas. Além disso, ele tem uma queda por algo que muitos enxergam como não muito elegante em jogadores profissionais: o famoso trash talk, aquelas provocações entre oponentes.

"Eu amo trash talk. Honestamente, eu incentivo essas provocações. Falo 'por favor, faça isso'. Adoro quando as pessoas provocam outras em jogos. Também é uma estratégia minha às vezes", relatou, na mesma entrevista.

"Eu adoro falar besteira em jogos de luta e de fato incentivo isso. Só nunca leve para o lado pessoal, mantenha sempre no jogo. Falar besteira é divertido se você sabe que a outra pessoa é capaz de devolver na mesma moeda. Reconheça o que elas podem ou não podem aguentar".

Em sua carreira, já rolaram momentos épicos da trash talk com adversários, mas atualmente ele parece estar mais calmo, já que ganha de muitos com facilidade. Vez ou outra, no entanto, volta a usar da estratégia - principalmente quando vê que o rival é casca-grossa e talvez precise de truques mentais para ser batido.

3 - Muita Grana na Conta

SonicFox não só ganhou o prêmio de melhor pro-player de 2018 como também tem uma boa, digamos, saúde financeira. Segundo o site eSports Earnings, que contabiliza ganhos de jogadores, SonicFox já faturou pouco mais de US$ 580 mil (cerca de R$ 2,3 milhões) na carreira em premiações.

Nenhum outro atleta de jogos de luta ganhou mais do que ele. É claro que o valor é bem menor do que outros pro-players podem ganhar, principalmente em jogos como "Dota 2" e "Counter-Strike: Global Offensive", mas não está nada mal para alguém que tem apenas 21 anos de idade.

4 - Já doou prêmio a rival que tem pai com câncer

Além de ganhar muita grana, SonicFox é generoso quando necessário. O que ilustra muito bem isso é que, ao vencer a final do Injustice 2 Pro Series, ele doou US$ 10 mil dos US$ 40 mil que levou para seu oponente derrotado na final. O motivo? O pai do colega enfrentava um tratamento contra um câncer e precisava de dinheiro.

"Antes da partida disse que se eu ganhasse ou perdesse iria doar US$ 10 mil do prêmio para o pai dele que estava com câncer, espero que o ajude. Gosto de fazer novos amigos e me unir com a comunidade", afirmou, ao receber o prêmio de jogador do ano na cerimônia do Game Awards.

"Não tive o resultado que eu queria, mas cheguei muito perto. Perder para o SonicFox não é motivo de vergonha. Ele me conhece mais do que ninguém. Agradeço a ele por doar os US$ 10 mil, significa muito. Meu pai vai gostar. Espero ter deixado todos orgulhosos"

5 - Tem uma baita personalidade

SonicFox tem uma presença marcante em todo evento que disputa. O gamer parece estar sempre relaxado e curtindo o momento. Porém, ele diz se sentir "ansioso" por não ser uma pessoa confortável perto de pessoas - ou seja, é tímido. Mas isso não o impede de passar uma impressão completamente diferente dos pro-player tradicional.

"Gosto quando eu vou para um evento de luta de demonstrar um pouco da minha personalidade. Não gosto da pose genérica de eSports com o braço cruzado. Definitivamente não sou desse jeito. Quero ser o mais petulante e convencido possível. Eu estou jogando um jogo, mas também quero entreter as pessoas", explica.

De fato, o cara consegue ser petulante mesmo, com comemorações efusivas e um comportamento que dá um sabor especial aos torneios. Deve ter gente que fica incomodada, mas é o jeito dele.

6 - Fantasia é sua marca

Talvez SonicFox seja mais conhecido pela sua fantasia do que pelo seu rosto. Isso porque ele se define como um "furry" - subcultura em que um grupo de pessoas se veste de personagens peludos com características animais e personalidade humana. Nesse mundo, é comum pessoas terem suas próprias fantasias, que viram uma "segunda identidade", ou "Fursona". É o caso dele.

"Eu bolei minha fursona quando tinha algo como 10 anos, antes de começar a jogar games de luta. Começou como algo de Happy Tree Friends e depois eu queria uma arte antropomórfica. Eu sempre tive uma fascinação por isso, mas não sabia que era um furry. Comprei a fantasia na internet em 2014 e falei 'vou usar isso aqui'", explicou ao Kotaku.

A fantasia de SonicFox, uma cabeça de raposa azul, é usada pelo jogador em campeonatos e rende provocações de adversários - ele diz não ligar e só pensar que "então você vai tomar um pau de um furry". Ao subir ao palco do Game Awards, SonicFox estava com sua 'fursona'.

7 - Começou (bem) cedo

SonicFox não começou a virar um dos melhores pro-players do mundo ontem. Na verdade, tem história na parada. Quem apresentou jogos de luta para ele foi seu irmão mais velho, quando SonicFox tinha só três anos. Não demorou para ele entrar no meio de vez.

Reprodução
SonicFox é um dos melhores jogadores de games de luta da história Imagem: Reprodução

Em 2011, aos treze anos, ele já estava em campeonatos. Tudo isso culminou em uma carreira meteórica para ficar no topo tão jovem. Mas, ainda assim, ele não é o melhor em tudo - e admite que o irmão mais velho é melhor em alguns jogos.

"Nós dois crescemos jogando DOA (Dead or Alive), Ele sempre foi melhor do que eu em DOA, é a coisa mais irritante", lembra. Uma vez, em um campeonato, SonicFox largou a partida ao vivo por não aguentar a sova que estava do tomando do irmão no game.

9 - Está no Livro dos Recordes

A carreira de SonicFox é tão marcante que ele foi parar no livro dos recordes. Na edição especial de games do Guinness Book de 2018, o norte-americano está lá como o primeiro no ranking de "Mortal Kombat X" e o jogador com mais vitórias em torneios no mesmo game. Outro recorde dele é o de mais vitórias em torneios com o jogo "Injustice: Gods Among Us".

10 - Quase não virou pro-player

Se a história é de sucesso agora, por pouco a carreira de SonicFox não foi para frente. Antes de jogar seu terceiro grande torneio, sua mãe havia lhe avisado que aquele seria o último. A vitória na competição, no entanto, mudou a opinião da mãe.

"No meu terceiro major, ela chegou e falou que seria meu último porque custava muito, já que eu sempre perdia. Aí eu ganhei aquele, levei US$ 2 mil e ela falou 'mas o quê?'. Então ela falou para eu continuar jogando, e eu disse 'tá bom'", recordou o jogador.

11 - Tem uma conquista/trófeu com o nome dele em Mortal Kombat

Talvez o grande feito de SonicFox foi ter uma conquista com o seu nome no jogo "Mortal Kombat X". O troféu, chamado "The Fox Finish", é dado a quem vencer uma partida com Erron Black da mesma maneira que SonicFox venceu um adversário na final do EVO 2015.

Mais eSport