menu

Topo

Os melhores e piores filmes baseados em games

Reprodução
Imagem: Reprodução

Daniel Esdras

Do GameHall

2019-05-18T04:00:00

18/05/2019 04h00

Filmes baseados em games ainda são um tabu. Poucos foram bons, muitos foram muito ruins, e cada novo anúncio deixa os jogadores desconfiados com o resultado final. Foi assim com "Sonic", por exemplo: os fãs já torceram o nariz com o teaser e, depois de tanta pressão que acompanhou o primeiro trailer, os produtores decidiram rever o design do personagem.

Enquanto o filme do ouriço azul não vem, decidimos mapear as melhores e piores tentativas da indústria cinematográfica de reproduzir o universo dos games. Pegue a pipoca e venha com a gente!

Os Melhores

"Mortal Kombat" (1995)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota no Internet Movie Database (IMDb): 5,8/10
Direção: Paul W.S. Anderson

Rápido, com ação ininterrupta, "Mortal Kombat" foi um sucesso de público que acabou não sendo reconhecido pela crítica. Para os fãs, porém, ele ficou marcado como um clássico, que contava com a lendária atuação de Christopher Lambert como Raiden.

O filme tinha os principais lutadores da franquia lutando contra vilões como Goro e Scorpion em um torneio para salvar o plano terreno. Carregado do chamado "fan service", "Mortal Kombat" pavimentou o caminho para diversos filmes de jogos que viriam nos anos seguintes.

"Final Fantasy: Spirits Within" (2001)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 6,4/10
Direção: Hironobu Sakaguchi e Motonori Sakakibara

"Final Fantasy: Spirits Within" focou na tecnologia de ponta da época para entregar um convincente filme de animação 3D. Embora leve o nome da franquia da Square, o jogo não se baseou em nenhum dos seus jogos em específico, mas entregou um resultado acima das expectativas para a época.

Para as vozes dos personagens foram escalados atores de peso, como Alec Baldwin, Donald Sutherland e James Woods. A história, no entanto, não acompanhou a qualidade da CGI e acabou sendo bastante criticada pelo marasmo. Em um mundo com poucos bons filmes de jogos, "Final Fantasy: Spirits Within" acaba entrando na lista por falta de melhores opções.

"Silent Hill" (2006)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 6,6/10
Direção: Christophe Gans

Estrelado por Radha Mitchell, "Silent Hill" contou com uma ambientação muito parecida com a do "survivor horror" da Konami. A presença de ícones da franquia, como o inimigo "Piramid Head", deixou a experiência mais autêntica e tirou o sono de muita gente.

O filme também contou com trilha sonora dos jogos, ganhando pontos no quesito fidelidade. Há falhas na narrativa e no andamento da história, mas no balanço geral, "Silent Hill" é um dos bons filmes baseados em jogos.

"Pokémon: Detetive Pikachu" (2019)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 7/10
Direção: Rob Letterman

O filme mais recente da lista, "Pokémon: Detetive Pikachu", era tudo que os fãs de Pokémon não sabiam que queriam. Um filme "live action" da franquia, com Ryan Reynolds (Deadpool) na voz do monstrinho amarelo, muitas piadas e uma história cativante.

Com diversas referências legais e vários dos Pokémons favoritos dos fãs, o filme já ganhou um lugar no coração de quem viveu a aventura de ser um mestre Pokémon nos consoles da Nintendo. Definitivamente, é um marco para os filmes baseados em games.

"Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos" (2016)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 6,9/10
Direção: Duncan Jones

Mesmo "Warcraft: O Primeiro Encontro de dois Mundos" não sendo ruim, ele acabou se tornando uma decepção. Os fãs de WoW esperaram por anos para ver nas telonas um filme que retratasse com fidelidade a história do jogo, que é uma das mais complexas e bem trabalhadas da indústria. E foi exatamente nesse quesito que o filme deixou a desejar.

Com um elenco também abaixo da grandiosidade da franquia, o filme acabou sendo somente aceitável, com boas referências, uma CGI competente para os Orcs e alguns momentos legais de ação. Mesmo assim, e você já deve ter percebido: basta ser um filme competente para ficar entre os "melhores de games".

Os Piores

"Alone in the Dark" (2005)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 2,3/10
Direção: Uwe Boll

Uwe Boll é o fantasma que há anos assombra os filmes baseados em games: fazendo filmes ruins e muitas vezes orgulhando-se disso. Com pérola atrás de pérola, o diretor alemão chegou ao fundo do poço com "Alone in The Dark", um filme que consegue ser ruim em praticamente todos os aspectos.

Os diálogos são risíveis, e o filme confunde o espectador já no início, quando sobe uma introdução no melhor estilo Star Wars com uma narração forçada. Christian Slater é o protagonista, e provavelmente não gosta nem de lembrar do papel que executou. Para muitos, esse é o pior filme baseado em jogos de todos os tempos.

"Mortal Kombat Annihilation" (1997)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 3,7/10
Direção: John R. Leonetti

Com uma narrativa fragmentada e repleto de momentos monótonos entre as lutas forçadas, "Mortal Kombat Annihilation" deixou um gosto amargo para fãs e críticos. Ele adicionou pouco ao que tinha sido construído no primeiro filme, e retrocedeu em vez de avançar em qualidade.

Mesmo trazendo de volta os atores do primeiro filme e contando com a empolgação pelo jogo, "Anihilation" falhou feio e acabou condenando a franquia nos cinemas. Uma pena, já que a expectativa na época era uma continuação que elevasse o patamar dos filmes baseados em jogos.

"House of the Dead" (2003)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 2/10
Direção: Uwe Boll

Nós já falamos de... Uwe Boll? Alguns críticos descreveram o longa de "House of the Dead" como um dos piores filmes de zumbi já feitos, e olha que a competição nesse nicho é grande.

O filme conta a história de uma galera jovem indo para uma ilha, onde participariam de uma rave. Como você já espera dos clichês desse tipo de filme, tudo descamba para uma sexualização sem motivo das cenas que antecedem a violência exagerada para tentar chocar a audiência. O filme ainda conta com atletas marciais e duelos de espada, o que deve fazer sentido na cabeça do diretor.

"Em nome do Rei" (2007)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 3,8/10
Direção: Uwe Boll

Mais um filme de Uwe Boll, o que nos leva a perguntar "como ele consegue tantos financiamentos?". "Em nome do Rei" foi baseado no jogo "Dungeon Siege". No papel principal está o famoso Jason Statham, que participou de ótimos filmes de ação como "Adrenalina" e "Velozes e Furiosos". Mas não foi o suficiente.

No currículo de Boll, esse é um dos filmes menos terríveis, mas ainda assim conta com decisões bizarras em todas as frentes. A CGI do filme é fraca, e as batalhas e atuações durante as lutas são risíveis. Mais um fiasco de crítica e público.

"Street Fighter: a Lenda de Chun-Li" (2009)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 3,7/10
Direção: Andrzej Bartkowiak

Vamos dar um descanso a Uwe Boll e deixar de fora "Bloodrayne". Hora de falar sobre Andrzej Bartkowiak, que conseguiu a proeza de fazer de "Street Fighter: A lenda de Chun-Li", um filme ainda pior que o do Jean-Claude Van Damme de 1994.

Além de pegar emprestado o nome dos personagens, como Vega, Bison e Chun-Li, o filme tem muito pouco do que foi construído jogo ao logo de décadas. As lutas são patéticas, o detetive Charlie conta com uma das piores atuações da carreira de Chris Klein, e o Bison do ótimo Neal McDonough é provavelmente um dos piores papéis que ele poderia ter escolhido, com o desnecessário sotaque irlandês que ninguém entendeu.

"Super Mario Bros" (1993)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 4/10
Direção: Annabel Jankel e Rocky Morton

Quando anunciaram "Super Mario Bros - O Filme", em 1993, o hype foi imenso e uma legião de fãs ficou na expectativa de ver dois dos maiores símbolos games, Mario e Luigi. Esse era o primeiro filme baseado em personagens de jogos, e infelizmente foi muito ruim.

Transformados em encanadores de Manhattan, Mario e Luigi vivem uma história totalmente diferente do mundo de fantasia dos jogos da Nintendo, caindo no que havia de mais clichê nos filmes de aventura da época. O resultado pouco inspirado e irreconhecível pelos fãs manchou a imagem dos filmes baseados em jogos que viriam pela frente.

Bônus

"Detona Ralph" (2012)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Nota IMDb: 7,7/10
Direção: Rich Moore

Se os filmes puramente baseados em jogos costumam dar errado, aqueles que aproveitam o tema apenas como pano de fundo se deram melhor. A animação "Detona Ralph" conta a história do vilão de um fliperama que luta contra o esquecimento.

Ele contracena com diversos ícones da cultura gamer, como Sonic e Zangief, em uma história emocionante e com a qualidade Disney. Tudo isso rendeu ao filme uma indicação ao Oscar de melhor animação.

"Jogador nº 1" (2018)

Divulgação
Imagem: Divulgação

Nota IMDb: 7.5/10
Direção: Steven Spielberg

"Jogador nº 1" é baseado no livro de 2011 de Ernest Cline, e também usa personagens e referências dos jogos como pano de fundo. No cinema, ele foi dirigido por ninguém menos que Steven Spielberg, usando temas como realidade virtual e o futuro dos mundos interativos para retratar os momentos mais legais de cada personagem.

O jogo conta com personagens e referências de dezenas de jogos, dos mais recentes, como "Overwatch", até jogos dos primórdios, como o "Pac Man". Se o que você procura é um filme com bons efeitos e bastante diversão, veja o filme (e leia o livro!)

Sentiu falta de algum filme? Acha que entraria aí "Resident Evil", "Max Payne", "Assassin's Creed" ou as outras animações da Square Enix? Deixe sua lista nos comentários e bom filme para todos!

Mais Start