Topo

Jogos mobile


Tencent recebe aval de regulador chinês para dois jogos; PUBG fica de fora

Reprodução
Sensação do fim de 2017 teria sido banida do país Imagem: Reprodução

Pei Li e Se Young Lee

Da Reuters, em Pequim

2019-01-24T19:16:28

24/01/2019 19h16

Reguladores chineses aprovaram dois jogos da Tencent para dispositivos móveis, no primeiro sinal verde para a empresa em quase um ano, embora ainda não haja uma decisão sobre o amplamente aguardado blockbuster PlayerUnknown's Battlegrounds.

A Administração Estatal de Imprensa, Publicação, Rádio, Filmes e Televisão da China aprovou nesta quinta-feira 95 jogos na quarta lista desde dezembro, incluindo dois da Tencent para celulares e um da NetEase, mostraram dados do governo.

Os jogos da Tencent são Wood Joints e Folding Fan, ambos educacionais que ensinam arquitetura e artesanato tradicional da China.

Os dois foram anunciados em fevereiro de 2018 em uma tentativa de melhorar a imagem de uma indústria criticada por pais e reguladores por estimular o vício de crianças a videogames, disse Tianyi Gu, analista do mercado de jogos da Newzoo.

Analistas e agentes da indústria afirmam que é improvável que os dois jogos tragam muita receita à Tencent, maior empresa do mundo em jogos e principal da Ásia em valor mercado, mas a aprovação é música aos ouvidos mesmo assim, já que a última vez em que jogos foram aprovados foi antes de março de 2018.

O hiato prejudicou as ações da Tencent no ano passado.

Tencent e NetEase não responderam aos pedidos da Reuters por comentários.

A China abriga o maior mercado de videogames do mundo, onde 620 milhões de jogadores gastaram 34,4 bilhões de dólares no ano passado, principalmente em jogos para celulares e computador, de acordo com dados da Newzoo.

Siga o UOL Start no

Mais Jogos mobile