Topo

Fortnite


Epic Games processa youtuber por trapacear em "Fortnite"

Reprodução
Fortnite Battle Royale Imagem: Reprodução

Do GameHall

2018-10-16T12:02:14

16/10/2018 12h02

Brandon Lucas, jogador de "Fortnite" que postou no YouTube vídeos de si mesmo usando trapaças no jogo, está sendo processado pela desenvolvedora Epic Games.

O seu canal chamado "Golden Modz", atraiu mais de 1,7 milhão de assinantes, onde ele posta vídeos jogando versões modificadas ou hackeadas de "Fortnite" e outros jogos como "GTA Online".

VEJA TAMBÉM

A Epic Games afirma que Lucas também usa esses vídeos para promover e vender programas de fraudes de jogos, e agora está sendo processado por violação de direitos autorais, quebra de contrato e práticas comerciais desleais e enganosas.

"Os réus são trapaceiros. Ninguém gosta de trapaceiros", disse a empresa em documentos legais. "O acusado Lucas não apenas trapaceia, ele também promove, anuncia e vende software que permite que aqueles que o usam trapaceiem", afirmou.

"Esses hacks permitem que seus usuários modifiquem ilegalmente o software 'Fortnite'. Lucas está operando esses sites e vendendo essas trapaças para o seu próprio enriquecimento pessoal. Seus ganhos ilícitos vêm à custa da Epic e dos membros da comunidade 'Fortnite'", diz ainda o texto.

Um dos hacks disponíveis no site de Lucas é o aimbot, que permite que os jogadores automaticamente ataquem e matem inimigos sem ter que apontar sua arma, oferecendo uma vantagem injusta para qualquer um que o use.

Um outro jogador do YouTube, chamado Colton Conter, também é mencionado no registro legal, como companheiro de Lucas no uso das trapaças e matando dezenas de outros jogadores.

A Epic disse em comunicado que "quando os trapaceiros usam aimbots ou outras tecnologias para ganhar uma vantagem injusta, eles estragam os jogos para as pessoas que estão jogando de forma justa. Nós levamos a trapaça a sério, e buscaremos todas as opções disponíveis para garantir que nossos jogos são divertidos, justos e competitivos para os jogadores ".

Do outro lado, em um vídeo divulgado em seu canal, Lucas diz não entender por que a Epic tomou essas providências sendo que "há cerca de mil outros criadores de conteúdo no YouTube que fazem o conteúdo do Fortnite usando hacks sem repercussões".

"Fortnite" está disponível para PC, PS4, Xbox One, Nintendo Switch, iOS e com uma versão beta no Android.

Siga o UOL Start no

Mais Fortnite