Topo

"Super Mario Odyssey" é o jogo mais bizarro, divertido e interessante da E3

Veja o primeiro trailer de "Super Mario Odyssey"

UOL Jogos

Théo Azevedo

Do UOL, em Los Angeles

2017-06-14T04:00:00

14/06/2017 04h00

"Super Mario Odyssey" é, disparado, a mais bizarra e apaixonante aventura de toda a carreira do mascote da Nintendo.

No estande da Nintendo na E3 tive a oportunidade de jogar cerca de 1 hora do game, que chega no dia 27 de outubro - exclusivamente para o Switch, é claro.

Duas áreas estavam disponíveis, todas já vistas nos trailers do game: New Donk City, inspirada em Nova York, e Sand Kingdom, com elementos festivos de temática mexicana.

Como prometido, "Odyssey" é um legítimo herdeiro do legado de "Mario 64" , "Sunshine" e os dois "Galaxy". Logo de cara, você é jogado no meio de um mundo aberto cheio de itens e nenhuma indicação ou setinha dizendo onde ir ou o que fazer - aliás, situação que acaba lembrando muito outro sucesso recente da Nintendo, o "Legend of Zelda: Breath of the Wild".

Em vez de estrelas ou aquele solzinho simpático do "Mario Sunshine", o objetivo é coletar pequenas luas, as Power Moons. É com elas que Mario faz a nave Odyssey se movimentar e assim visitar mundos diferentes.

Super Mario vira sapo, dinossauro e até táxi em "Super Mario Odyssey"

UOL Jogos

Como bem mostra o trailer do jogo na E3, o elemento mais inusitado do game é o chapéu com olhinhos. Com um movimento do Joy-Con, você pode arremessar a boina na direção que quiser e usá-la como mola ou plataforma para alcançar lugares distantes ou assumir o controle de qualquer coisa!

Quer dizer, quase qualquer coisa. A jornada de "Mario Odyssey" é regida por uma regra: "Se está usando chapéu, você não pode assumir aquele papel".

Não tem chapéu? Então vai na fé. Pode ser tartaruga, sapo, bala de canhão, tampa de bueiro, dinossauro ou até um carro! É só jogar o boné vermelho que Mario 'mergulha' no alvo e assume o controle.

É justamente assim que você acaba resolvendo muitos dos desafios e quebra-cabeças que rendem Power Moons como prêmios e ajudam a avançar na aventura.

Aliás, a Nintendo não falou nada sobre a história do jogo, mas como você deve imaginar (e os trailers do game tão bem já dão o 'spoiler') tudo deve girar em torno de mais uma missão em que o objetivo é resgatar a Princesa Peach, capturada pelo vilão Bowser.

Sem sombra de dúvidas, é o game mais interessante, intrigante e esquisito desta E3. E isso é muito bom!

Mais Start