Topo

Geek


Novo anime dublado de "Cavaleiros" agrada, mas não tem lançamento definido

Claudio Prandoni

Do UOL, em São Paulo

2015-12-07T16:35:00

07/12/2015 16h35

Fãs de "Cavaleiros do Zodíaco" tiveram a oportunidade de assistir neste último final de semana na Comic Con Experience ao primeiro episódio do anime "Alma de Ouro" com dublagem em português.

A exibição aconteceu em painel com a participação de Satoshi Teramoto, produtor da série de 13 episódios que foi transmitida neste ano em serviços de streaming como Crunchyroll e Daisuki.

Com os veteranos Luiz Antônio Lobue, como o protagonista Aiolia de Leão, e Marli Bortoleto, no papel de Hilda, e os novatos Raul Ferreira e Tarsila Amorim, como Frodi e Lyfia, respectivamente, o episódio foi bastante aplaudido e elogiado por fãs ao final da apresentação.

A programação previa também a exibição do segundo episódio do anime, mas por falta de tempo isso não aconteceu.

Apesar do sucesso, ainda não se sabe como, quando ou mesmo se o seriado será comercializado com dublagem em português. Especula-se que "Alma de Ouro" seja lançado no Brasil em algum momento de 2016 em DVD e Blu-ray - a exemplo do que aconteceu com "Cavaleiros do Zodíaco: Ômega" -, mas nada foi divulgado oficialmente.

De fato, o episódio exibido na CCXP foi encomendado especialmente para o evento, o que não exclui a possibilidade de uma redublagem ser feita caso o anime seja disponibilizado dublado.

Curiosidades

Antes da exibição do episódio de "Alma de Ouro", o produtor Teramoto tirou dúvidas dos fãs e divulgou curiosidades sobre a série "Cavaleiros do Zodíaco".

Um dado impressionante é que cerca de 90% do público que assistiu ao anime "Alma de Ouro" era de fora do Japão. No total, a série teve cerca de 50 milhões de visualizações distribuídas entre os 13 episódios.

Por sinal, a decisão de distribuir o anime por meio de serviços de streaming logo de cara levou em consideração esse imenso público internacional, já que disponibilizar proporciona maior facilidade de acesso e menos tempo de espera em relação à exibição original no Japão.

Segundo o produtor, a ideia da série nasceu após "Ômega" ter falhado em conquistar um público novo e mais jovem para a franquia. Por conta disso, decidiram seguir um caminho mais nostálgico, investindo em novas aventuras para os populares Cavaleiros de Ouro em um cenário também conhecido, as terras geladas de Asgard.